Ciência e Meio Ambiente Notícias

Temas

Home

Seminário internacional discute risco e precaução de incêndio em bens do patrimônio cultural

Especialistas nacionais e internacionais em gestão do patrimônio cultural e em avaliação de riscos patrimoniais se reúnem, no Rio de Janeiro, na próxima semana, para discutir formas de prevenir e combater incêndios em equipamentos culturais, durante o Seminário Internacional “Patrimônio em chamas: gestão do risco de incêndios para o patrimônio cultural”. O evento acontece no Museu Histórico Nacional (MHN), Museu Nacional e Museu de Arte do Rio (MAR) nos dias 26, 27 e 28/06/2019.

A Escola de Artes de Glasgow (Reino Unido, 2014 e 2018), o Museu da Língua Portuguesa de São Paulo (Brasil, 2015), o Museu Nacional de História Natural da Índia (2016), a Catedral Saint Sava de Nova York (EUA, 2016), o Museu Marítimo de Jacarta (Indonésia, 2018), o Museu Nacional/UFRJ (Brasil, 2018) e a Catedral de Notre-Dame (França, 2019) são alguns de tantos exemplos de patrimônio material danificado ou, muitas vezes, completamente perdido devido a incêndios.

A precaução e o combate aos acidentes ganham ainda mais importância se tratando de patrimônios históricos e culturais, pois as peças dos acervos atingidos são quase sempre únicas. A criação de novas legislações e políticas de prevenção, a implementação de novos procedimentos de manutenção e segurança, além de incentivo ao uso de novas tecnologias disponíveis na luta contra incêndios tornam-se indispensáveis para lidar com o cenário contemporâneo.

O evento é organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), pelo Conselho Internacional de Museus (Icom Brasil) e pelo Centro Internacional de Estudos para a Conservação e Restauro de Bens Culturais (ICCROM), e conta com as parcerias do British Council, do Museu Nacional/UFRJ, da Representação da UNESCO no Brasil e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Tem também apoio da Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, do Instituto Sprinkler Brasil, do Conselho do Patrimônio Cultural Sueco e da Embaixada do Canadá.

Entre as atividades do Seminário está prevista uma visita ao Museu Nacional para que os participantes vejam as ações em curso para a sua reconstrução. Ao final do seminário acontece também um fórum especializado com as principais recomendações para redução do risco de queima de patrimônio, com o intuito de dar apoio às mudanças necessárias nas políticas nacionais e garantir uma ampla disseminação dos resultados.

O Seminário reunirá especialistas de diferentes áreas e disciplinas. Foram convidados para compartilharem seus pensamentos e experiências: gestores e autoridades de patrimônio; especialistas em seguros; avaliadores de risco patrimonial; engenheiros de incêndio; especialistas em legislação contra incêndios; chefes de bombeiros; conservadores; e socorristas. O evento é dirigido a diretores, educadores e profissionais de museus e patrimônio, autoridades e gestores da área de patrimônio, agências nacionais de proteção contra incêndios e tomadores de decisão. (Com informações do Ibram)

Veja a programação completa aqui.

SERVIÇO

O que:            Seminário Internacional “Patrimônio em chamas: gestão do risco de incêndios para o patrimônio cultural”

Quando:        De 26 a 28 de junho de 2019

Onde:            Nos seguintes museus do Rio de Janeiro:

  • Museu Histórico Nacional – Praça Mal. Âncora, s/n – Centro
  • Museu Nacional – Quinta da Boa Vista – São Cristóvão
  • Museu de Arte do Rio (MAR) – Praça Mauá, 5 – Centro

Rua Domingos Marreiros, 49. Sala/210. CEP- 66.055-210
Belém - PA
Fone/Fax: 3242-5264
E-mail:
oliverbrasil9@gmail.com